Profissionais de São Carlos investem em espaços compartilhados para economizar

São Paulo

Chamados de ‘coworking’, locais contam diversas áreas profissionais em um só lugar. Profissionais de São Carlos investem em coworking para economizar no trabalho
Um modelo de negócio que não para de crescer. Além de dividir diferentes empreendimentos, o ‘famoso’ coworking também compartilha ideias e até despesas. Em São Carlos (SP), quatro escritórios já apresentam o serviço.
Além da economia com gastos que o espaço garante, todas as empresas aumentam os lucros com o compartilhamento de clientes. “A gente tem a questão da telefonia, internet, limpeza, aluguel, IPTU, imobiliária. Tudo isso já vem incluso e cria essa economia”, disse o gerente Fábio Kontopp.
O espaço também oferece comodidade para muitos profissionais. “Eu já tive um escritório em um prédio comercial e hoje economizo tranquilamente uns 70% do que eu costumava gastar mensalmente em termos de estrutura”, contou o empresário Thales Limonarte.
Empresários compartilham local de trabalho como meio de economizar
Reprodução EPTV
Cumplicidade
Como todo local de trabalho, os profissionais também devem seguir regras. “A regra mais rígida da casa seria a parte do silêncio, só que é difícil precisar falar para alguém diminuir o volume porque todo mundo se respeita muito bem aqui”, disse o recepcionista Marcos Pani.
A simpatia também é uma regra para a empresária Isabela Hamra, que teve a ideia de transformar sua casa em um coworking.
“Você está conectado com diferentes pessoas de diferentes áreas que talvez você não encontraria em outros lugares, ainda você pode economizar locando um espaço aqui e você troca muitas experiências, todo dia você aprende uma coisa nova”, contou.
Para o empresário Leandro Quintino, o escritório é uma espécie de casa. “A gente acaba brincando bastante um com o outro, trocando bastante experiência e tendo inovações ali a todo momento”, disse.
Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.