Petrobras reduz preço da gasolina nas refinarias pela 1ª vez desde 22 de junho

Economia

Preço do litro do combustível cairá 0,98%, para R$ 2,0326; combustível continua mais caro que o diesel, com preço congelado em R$ 2,0316 desde junho. Posto combustíveis gasolina Uberaba
Neto Talmeli/Prefeitura de Uberaba
A Petrobras vai reduzir o preços da gasolina nas refinarias em 0,98%, para R$ 2,0326 por litro, a partir desta sexta-feira (13). É o primeiro corte feito pela petroleira desde 22 de junho.
A redução ocorre um dia após uma forte queda nas referências internacionais do petróleo, o Brent e o WTI.
No mês, o preço da gasolina nas refinarias acumula alta de 1,03%. Desde 17 de fevereiro, quando a Petrobras passou a divulgar as cotações, o aumento é de 1,36%.
Mesmo com o reajuste, que faz parte da política acompanhar as cotações internacionais, em vigor há mais de um ano, o valor da gasolina da Petrobras segue acima dos R$ 2,0316 por litro do diesel, “congelado” desde o início de junho graças a uma subvenção oferecida pelo governo para encerrar a greve dos caminhoneiros.
A disparada do preço do diesel, que chegou a atingir uma máxima de R$ 2,3716 por litro em maio, era um dos principais pontos questionados nos protestos que paralisaram o país e afetaram diversos setores da economia.
Tabelo de preços dos combustíveis da Petrobras nas refinarias
Reprodução/Petrobras
Preços nas bombas
Para o consumidor final, os preços tanto da gasolina quanto do diesel caíram pela quinta semana consecutiva, segundo levantamento da Agência Nacional de Petróleo (ANP).