Dupla é detida após roubo de caminhão com carga avaliada em R$ 156 mil na BR-267 em Bom Jardim de Minas

Brasil
Ladrões fizeram disparos contra caminhão que transportava cobertura para pizzas e mantiveram motorista refém. Detidos usaram celular da vítima para fazer vídeos e fotos comemorando o roubo. Um jovem, de 24 anos, e um homem, de 35 anos, foram detidos por envolvimento no roubo a um caminhão que transportava carga de cobertura para pizza avaliada em R$ 156 mil, na BR-267, em Bom Jardim de Minas.
O veículo foi interceptado e recuperado na noite desta quarta-feira (11) na BR-040, em Juiz de Fora, em uma operação que envolveu equipes da Polícia Militar (PM) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF).
Segundo a ocorrência, a dupla detida ainda usou o celular da vítima para gravar vídeos e tirar fotos comemorando o roubo.
Roubo e perseguição na estrada
O crime foi descoberto quando o caminhoneiro de 30 anos solicitou ajuda a uma equipe policial de Bom Jardim de Minas. Ele contou que seguia sentido Juiz de Fora e depois seguiria para Leopoldina. No trecho de subida de serra, se deparou com um carro de cor escura atravessado na pista e cerca de seis indivíduos que estavam com armas longas. Eles fizeram disparos para o alto e em direção ao caminhão, que tem placas de Marechal Cândido Rondon (PR), para tentar pará-lo.
O motorista disse que seguiu viagem, mas foi alcançado alguns quilômetros à frente pelo carro. Os ocupantes dispararam novamente e conseguiram parar o caminhão. Três ladrões entraram na cabine, amarraram o condutor e um deles assumiu a direção e seguiu pela rodovia, sentido Lima Duarte (MG).
Posteriormente, eles deixaram o caminhoneiro amarrado no meio do mato. Ao conseguir se soltar, a vítima caminhou pela rodovia até encontrar a equipe da PM e pedir ajuda.
A partir da informação do roubo e de que haveria um terceiro carro dando cobertura, foi montada operação na rodovia, na altura do Km 970 da BR-267. Os policiais avistaram um caminhão em alta velocidade, forçando ultrapassagens. O condutor arremessou o veículo contra o bloqueio e continuou a fuga usando o acostamento da via.
A partir da confirmação de que era o caminhão roubado em Bom Jardim de Minas, houve perseguição policial. Conforme o Registro de Eventos de Defesa Social (Reds), os policiais relataram que o condutor seguiu forçando passagem contra os demais veículos, quase causando colisões.
Ele fez zigue-zague como forma de evitar que as viaturas se aproximassem ou ultrapassassem o caminhão na BR-267. O condutor do caminhão não acatou ordem de parada no segundo bloqueio policial montado já na BR-040.
Os policiais contaram que, para evitar o risco e perigo iminente de acidente por causa das manobras que o condutor realizava, foram efetuados alguns disparos em direção aos pneus do caminhão, que parou no acostamento. A ocorrência relata que os disparos não atingiram os pneus e demais partes do veículo.
Na abordagem foram retirados do veículo o rapaz de 24 anos e o homem de 35 anos de dentro do veículo. Nas buscas pessoais, foram encontrados em uma carteira no bolso de um dos suspeitos R$ 384 em dinheiro e um aparelho celular.
Com o outro suspeito, foram localizados um cheque no valor de R$ 1 mil em nome de uma empresa e um celular. Ele contou aos policiais que mora em Matias Barbosa e que trabalha com reciclagem e que o comparsa o “chamou para fazer uma fita, que o serviço seria de guiar um caminhão”, diz a ocorrência.
Após a perícia do caminhão, ele foi removido pelo autossocorro até a Delegacia de Plantão, para onde também foram encaminhados os dois suspeitos, que receberam voz de prisão.
De acordo com a assessoria da Polícia Civil, o caso ainda está em andamento na Delegacia de Plantão.
Os carros e os outros envolvidos no roubo ao caminhão ainda não foram localizados. Quem tiver informações que ajudem na investigação pode repassar, de forma anônima, pelo telefone da PM, 190, ou pelo Disque-Denúncia Unificado (DDU), 181.