Exames de diagnóstico são esquecidos por pacientes em Cacoal, RO

Brasil

No local, há exames que custaram mais de R$ 4 mil ao Estado. Entre as análises em espera, estão de ressonância e mamografias. Parte do acúmulo de exames que ainda não foram retirados na Secretaria Municipal de Saúde em Cacoal.
Magda Oliveira/G1
O setor de regulação da Secretaria Municipal de Saúde de Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho, está sobrecarregado de exames que ainda aguardam a retirada dos pacientes.
A seção é responsável pelo agendamento das análises oferecidas pelo Estado de Rondônia.
De acordo com a gerente da subdivisão, Mari Horney, há documentos no local que custaram pelo menos R$ 4 mil ao estado.
Os exames “à espera” são aqueles feitos por clínicas particulares, principalmente em Vilhena (RO) e Porto Velho.
Mari destaca que há um prazo de validade para que os documentos ajudem no diagnostico de uma possível doença.
“Os pacientes são levados de Cacoal até os municípios por uma Van oferecida pelo estado, onde passam pelo procedimento. Em seguida, são trazidos novamente. Eles recebem um protocolo para a retirada dos exames e é fundamental que nos procurem para a retirada dos resultados”, alertou.
Pacientes são levados para fazer exames em Vilhena e Porto Velho.
Magda Oliveira/G1
Entre os exames que aguardam retirada estão ressonância, tomografia, cintilografia, mamografia e laudos.
“Esses exames são caros. Se o paciente não vem buscar o prejuízo fica e outras pessoas deixam de serem atendidas. Nós pedimos também que aqueles que não querem fazer a consulta ou exame, que se dirijam à regulação para nos autorizar a cancelar os pedidos e dar a vaga para outros que estão precisando”, solicitou Mari.
Segundo a gerente, a demanda da região de Cacoal é grande. Por mês, são solicitados cerca de 200 exames, que levam, em média, 35 dias para ficarem prontos.
“Em Cacoal, nós fazemos apenas o cadastro desses pacientes. Quem agenda é Porto Velho. A demanda é grande, por isso, às vezes, é demorado para conseguir marcar o procedimento”, destacou Mari.
O setor funciona no prédio da Secretária Municipal de Saúde, de segunda a quinta-feira das 7h30 as 17h e nas sextas-feiras o atendimento segue até as 13h.
Veja mais notícias da região no G1 Cacoal e Zona da Mata.