Opositor de Putin é libertado após 30 dias de detenção

Mundo
Libertação acontece horas antes do início da Copa do Mundo. O principal opositor do Kremlin, Alexei Navalny, anunciou que foi libertado nesta quinta-feira (14), após 30 dias de detenção, poucas horas antes da abertura da Copa do Mundo da Rússia-2018.
“Estou de novo com vocês, depois de permanecer 30 dias em detenção. Estou muito feliz por estar livre”, escreveu no Twitter.
Um tribunal russo condenou Navalny por ter organizado uma manifestação dois dias antes da posse de Vladimir Putin para o quarto mandato presidencial.