ONU condena por ampla maioria violência de Israel em Gaza

Mundo

Documento foi aprovado por 120 dos 193 países da organização, com oito votos contra e 45 abstenções. Texto dos EUA que responsabilizava Hamas por violência foi rejeitado. Delegados votam em Assembleia Geral da ONU que condenou ações de Israel em Gaza, na quarta-feira (13), em Nova York
Don Emmert/AFP
A Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou nesta quarta-feira (13) por ampla maioria uma resolução que condena Israel pela escalada da violência mortal em Gaza, e rejeitou um texto apresentado pelos Estados Unidos que responsabilizava o movimento Hamas pelos atos violentos.
Impulsionado por países árabes, o documento foi aprovado por 120 dos 193 países da organização, com oito votos contra e 45 abstenções. Uma proposta americana de apresentar uma emenda para condenar o Hamas não conseguiu a maioria de dois terços necessária para sua aprovação.