Japão considera vitais as manobras militares EUA-Coreia do Sul

Mundo
Declaração acontece um dia depois de Trump anunciar o fim dos exercícios conjuntos, após encontro com o líder norte-coreano. As manobras militares conjuntas dos Estados Unidos e da Coreia do Sul e a presença de tropas americanas neste país são vitais para a segurança regional, afirmou o ministro japonês da Defesa, um dia depois de Donald Trump ter anunciado o fim dos exercícios.
“As manobras e a presença militar americana cumprem um papel vital na segurança do sudeste da Ásia”, declarou o ministro Itsunori Onodera, ao responder a uma pergunta sobre o anúncio surpreendente de Trump após a reunião de cúpula com o líder norte-coreano, Kim Jong Un.
Onodera afirmou esperar que Estados Unidos e Coreia do Sul constatem o mesmo.
“Não há mudança em nossa política, que consiste em pressionar a Coreia do Norte”, explicou Onodera, antes de afirmar que o Japão espera medidas concretas no âmbito das armas nucleares e dos mísseis.