Redução da violência no ambiente escolar é tema do II Encontro da Educação Emancipadora e Cultura de Paz 

Brasil
Programação ocorre nesta quarta-feira (13) em Novo Oriente. A segunda edição do “Encontro da Educação Emancipadora e Cultura de Paz: os desafios enquanto política pública” ocorre nesta quarta-feira (13), no município de Novo Oriente, no interior do Ceará.
Gestores de 20 municípios dos sertões cearenses assinarão um acordo de cooperação para a criação de Células de Mediação Escolar e também uma carta de compromisso para a implementação da educação contextualizada, emancipadora e a cultura de paz como política pública.
O objetivo da programação é discutir a redução dos impactos da violência no ambiente das escolas públicas municipais, urbanas e rurais.
As atividades promovidas pelo Projeto Contexto – Plataforma Educação Marco Zero iniciam às 7h30 no Auditório da Escola Estadual de Educação Profissional Maria Eudes Bezerra Veras, que fica na Rua Ulisses Guimarães, s/n. Com alcance em 134 escolas da rede pública municipal, e mais de 1.500 professores envolvidos nas ações, o Projeto Contexto é uma iniciativa co-financiada pela União Europeia, composta pelas organizações nacionais e internacionais com experiência nos campos social, ambiental e educacional We World ONLUS Itália, We World Brasil, Associação de Cooperação Agrícola do Estado do Ceará, Cáritas Diocesana de Crateús, Escola Família Agrícola Dom Fragoso, Centro de pesquisa e assessoria, Instituto Maria da Penha e Pastoral do Menor Nordeste I.
Programação
7h30 – Café da Manhã
9h – Apresentação Cultural
9h15 – Abertura Oficial (Fala das Autoridades)
9h40 – Leitura do Manifesto da Plataforma Educação Marco Zero
10h30 – Roda de conversa com Prefeitos(as) – “Educação Emancipadora & Cultura de Paz: os desafios enquanto política pública”
12h50 – Pronunciamentos e Assinatura do Acordo de Cooperação Técnica – Projeto: “Implantação da Mediação Escolar”
13h30 – Leitura da Carta de Novo Oriente – Compromisso com a Educação Emancipadora.